O candidato mais produtivo não é o que estuda mais, mas sim o que estuda melhor
NÃO ESQUEÇA. FAÇA UM BLOGEUIRO FELIZ. COMENTE!!

quarta-feira, 28 de junho de 2017

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TRE-PR PELO FOCUS CONCURSO

AULA GRAVADA DIA 26/06/2017

PROFESSOR PABLO JAMILH



terça-feira, 27 de junho de 2017

REVISÃO PARA O TRE-BA PELO GRAN CURSOS

AULAS DE:


Noções de Direito da Pessoa com Deficiência
Direito Administrativo
Gramática
Noções de Sustentabilidade
Noções de Informática
Planejamento Estratégico
Direito Constitucional




sexta-feira, 23 de junho de 2017

SAIU O CONCURSO DO TRE-BA

Analise do edital pela equipe do alfa.con




quinta-feira, 15 de junho de 2017

(DIREITO CONSTITUCIONAL) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE /2016

ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO /ADVISE



24. 
Assinale  a  alternativa  que  designa CORRETAMENTE o agente público definido no Texto abaixo:

“Designa  os  agentes  públicos  que,  sob  regime  contratual trabalhista,  mantêm  vínculo  funcional  permanente  com  a administração pública.”

A)Empregado Público
B)Servidor Público
C)Agente Temporário
D)Funcionário Público
E)Trabalhador







SOLUÇÃO:



Agente público é toda pessoa física que presta serviços ao Estado e às pessoas jurídicas da Administração Indireta, conforme elencado no texto do Art.37, CF.

O autor Celso Antônio Bandeira de Mello classificava os agentes públicos em agentes políticos, servidores públicos e particulares em colaboração com o Poder Público. 

Agentes políticos são os titulares dos cargos estruturais à organização política do Estado, isto é, são os ocupantes dos cargos que compõem o arcabouço constitucional do Estado, como os Chefes dos Poderes executivos de todas as esferas de governo e seus auxiliares, além dos Senadores, Deputados e Vereadores. Existe uma tendência de se reconhecer também como agentes políticos os membros da Magistratura e do Ministério Público. 

Servidor público em sentido amplo, são as pessoas físicas que prestam serviços ao Estado e às entidades da Administração Indireta, com vínculo empregatício e mediante remuneração paga pelos cofres públicos.

Empregados Públicos são os titulares de emprego público da Administração Direta e Indireta, regidos pela CLT, não ocupam cargo público e não possuem estabilidade. Embora regidos pela CLT, submetem-se às normas constitucionais referentes a requisitos iminentes do cargo, investidura, acumulação, vencimentos entre outros.

Temporários, exercem função sem vinculação a cargo ou emprego público e são submetidos a regime jurídico especial a ser disciplinado em lei de cada unidade da federação. 


Resposta Letra A.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

(DIREITO PENAL) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE /2016



ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO /ADVISE








28.
Se  determinada  pessoa  usurpar  o  exercício  de  função pública,  auferindo  do  fato  vantagem,  a  pena  imposta,  de acordo com o Decreto-Lei Federal Nº 2.848/40, será de:

A)Reclusão, de dois a cinco anos, e multa.
B)Detenção, de três meses a dois anos, e multa.
C)Reclusão, de um a três anos.
D)Detenção, de quinze dias a seis meses, e multa.
E)Detenção, de seis meses a dois anos, ou multa.






SOLUÇÃO:



Usurpar que é derivado do latim USURPARE, significa apossar-se sem ter direito. Usurpar a função pública é, portanto, exercer ou praticar ato de uma função que não lhe é devida.

O crime de Usurpação de função pública está previsto nesse Diploma Legal como:

Art. 328. Usurpar o exercício de função pública.

Pena Detenção, de três meses a dois anos e multa.

Parágrafo Único: Se do fato o agente aufere vantagem.

Pena Reclusão, de dois a cinco anos e multa.




Resposta Letra A.

terça-feira, 13 de junho de 2017

(DIREITO PENAL) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE /2016


ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO /ADVISE




27.
Segundo  o  Decreto-Lei  Federal  Nº  2.848/40,  o  crime  de concussão é definido como:

A)Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.
B)Extraviar livro  oficial  ou  qualquer  documento,  de que tem a guarda em razão do cargo.
C)Se o funcionário exige imposto, taxa ou emolumento que  sabe  indevido,  ou,  quando  devido,  emprega  na cobrança  meio  vexatório  ou  gravoso,  que  a  lei  não autoriza.
D)Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente,  ainda  que  fora  da  função  ou  antes  de assumi-la,  mas  em  razão  dela,  vantagem  indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem.
E)Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente,  ainda  que  fora  da  função ou  antes  de  assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.







SOLUÇÃO:


O crime de concussão está descrito no artigo 316 do Código Penal e consiste em um agente público exigir vantagem indevida, para si ou para outrem (outra pessoa), de forma direta ou indireta, mesmo fora da função pública ou até antes de assumi-la, mas desde que o faça em razão da função.

A pena fixada no Código Penal para esse crime, no Brasil, é de dois a oito anos de reclusão, mais multa.

Concussão é crime de funcionário público, pois o Código Penal brasileiro o inseriu no capítulo que trata dos crimes contra a administração pública praticados por funcionário público. Só agente público pode praticá-lo. É o que se chama crime próprio, pois só uma categoria específica de pessoas pode cometê-lo.


Resposta Letra E.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

(CONHECIMENTOS GERAIS) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE / 2016

PROVA PARA O CARGO DE ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO / ADVISE



12.
A  biometria,  projeto  de  identificação  de  cidadãos,  será iniciada  em  2017  nas  instituições  federais.  Sobre  o  assunto, assinale a alternativa INCORRETA:

A)Cidadãos que solicitarem informações nos bancos de dados  da  administração  pública  ou  um  serviço  público  digital  poderão  ser  identificados  por  meio  da biometria.
B)A biometria tem o objetivo de reduzir custos, melhorar  o  atendimento  à  sociedade  e  aperfeiçoar  programas sociais.
C)O  novo  modelo  de  identificação  será  desenvolvido em  uma  parceria  do  Ministério  do  Planejamento, Desenvolvimento  e  Gestão  (MP)  com  o  Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
D)Para iniciar o projeto, o governo testará, no início do próximo ano, a nova forma de identificação no Sistema Eletrônico de Informações (SEI).
E)Após  o  piloto  do  projeto  com  os  cidadãos  voluntários,  a  biometria  será  testada  nos  servidores  públicos.





SOLUÇÃO:



Cidadãos que solicitarem informações nos bancos de dados da administração pública ou um serviço público digital poderão ser identificados por meio da biometria. A partir de 2017, o governo pretende colocar em prática o projeto que tem o objetivo de reduzir custos, melhorar o atendimento à sociedade e aperfeiçoar programas sociais. O novo modelo de identificação será desenvolvido em uma parceria do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Iniciamos tratativas com o TSE para utilizar a base biométrica disponível. Queremos incorporar a segurança dessa forma de reconhecimento nos processos de governo. Vamos aperfeiçoar a identificação do cidadão para melhorar os programas sociais”, afirma o secretário de Tecnologia da Informação do MP, Marcelo Pagotti. Segundo o secretário, a medida simplificará e tornará mais segura a utilização de serviços públicos por dispositivos móveis, como celulares e tablets.

Para iniciar o projeto, o governo testará, no início do próximo ano, a nova forma de identificação no Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Após o piloto com servidores públicos, a biometria será testada nos programas sociais. “Assim que os serviços digitais do governo forem disponibilizados, vamos incorporar a possibilidade da identificação biométrica”, explica Pagotti.

O SEI é uma solução de processo eletrônico que pode ser utilizada por qualquer instituição pública, independentemente do porte e da área de atuação. O uso do software reduz os gastos com papel, impressão, material de escritório, transporte e serviços de postagens. A solução é cedida gratuitamente para os órgãos do Poder Executivo Federal. De acordo com o Decreto nº 8.539/2015, os órgãos federais devem implantar uma solução de processo eletrônico até outubro de 2017.



Resposta Letra E.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

(DIREITO PENAL) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE /2016



ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO /ADVISE







25. 
Segundo o Código Penal, aquele  que  praticar, com o fim de transmitir a outrem moléstia grave de que está contamina-do, ato capaz de produzir contágio, pratica o crime de:

A)Perigo de contágio de moléstia moderada.
B)Perigo para a vida ou saúde de outrem.
C)Perigo de contágio de moléstia grave.
D)Abandono de incapaz.
E)Exposição ou abandono de recém-nascido.







SOLUÇÃO:



O crime está previsto no Código Penal em seu Art. 131. Praticar, com o fim de transmitir a outrem moléstia grave de que está contaminado, ato capaz de produzir o contágio: 

Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.


A AIDS não é considerada uma moléstia venéria, visto que pode ser contraída ou transmitida de formas diversas, além do contato sexual. Com isso é considerado como tentativa de homicídio (Art. 121 do CP).


Resposta Letra C.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

(DIREITO CONSTITUCIONAL) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE / 2016

PROVA DE ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO / ADVISE




21.
Todas  as  alternativas  abaixo  constituem  objetivos  fundamentais da República Federativa do Brasil,  EXCETO:

A)Construir uma sociedade livre, justa e solidária.
B)Garantir o desenvolvimento nacional.
C)Garantir os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
D)Erradicar a pobreza e a marginalização.
E)Promover o bem de todos, sem discriminações.



SOLUÇÃO:



Depois dos princípios fundamentais do artigo 1º, a Constituição Federal aborda a cláusula de separação dos poderes no artigo 2º e os objetivos fundamentais da República no artigo 3º. Esses objetivos são verdadeiros programas de governo a serem adotados, cujo conteúdo é de essencial conhecimento:

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;

II - garantir o desenvolvimento nacional;

III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.



Resposta Letra C.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

(CONHECIMENTOS GERAIS) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE / 2016

PROVA PARA O CARGO DE ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO / ADVISE



13.
O  Ministério  da  Transparência,  Fiscalização  e  Controle (MTFC) e  a Polícia  Federal deflagraram no  mês de  junho de  2016 a  Operação Boca Livre. O  objetivo é  apurar desvios de
recursos públicos relacionados a projetos culturais aprovados pelo  Ministério  da  Cultura  (MinC),  cujos  benefícios  são  advindos da seguinte lei federal:

A)Lei de Acesso à Informação
B)Lei Rouanet
C)Lei Orçamentária Anual
D)Lei Kandir
E)Lei de Diretrizes Orçamentárias



SOLUÇÃO:



Principal mecanismo de fomento à Cultura do Brasil, a Lei Rouanet, como é conhecida a Lei 8.313/91, instituiu o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac). O nome Rouanet remete a seu criador, o então secretário Nacional de Cultura, o diplomata Sérgio Paulo Rouanet. Para cumprir este objetivo, a lei estabelece as normativas de como o Governo Federal deve disponibilizar recursos para a realização de projetos artístico-culturais. A Lei foi concebida originalmente com três mecanismos: o Fundo Nacional da Cultura (FNC), o Incentivo Fiscal e o Fundo de Investimento Cultural e Artístico (Ficart). Este nunca foi implementado, enquanto o Incentivo Fiscal - também chamado de mecenato - prevaleceu e chega ser confundido com a própria Lei.




Operação Boca Livre é uma operação da Polícia Federal do Brasil em conjunto com a Controladoria Geral da União deflagrada em 28 de junho de 2016 contra fraudes de R$ 180 milhões na Lei Rouanet. De acordo com as investigações, os recursos públicos oriundos da legislação pagaram confraternizações de empresas e até festas de casamento.

A organização apresentava projetos ao Ministério da Cultura e à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo para a aprovação e utilização de verbas de incentivo fiscal previstas na Lei Rouanet. As investigações mostram que os recursos foram usados para custear eventos corporativos, shows com artistas famosos em festas privadas para grandes empresas, livros institucionais e até mesmo festa de casamento, segundo o Ministério da Transparência. O desvio ocorria por meio de diversas fraudes, como superfaturamento, apresentação de notas fiscais relativas a serviços e produtos fictícios, projetos duplicados e contrapartidas ilícitas realizadas às incentivadoras.


Resposta Letra B.

terça-feira, 6 de junho de 2017

(DIREITO CONSTITUCIONAL) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE / 2016

 PROVA DE ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO / ADVISE




22.
Quanto  aos  direitos  e  deveres  individuais e  coletivos, assinale a alternativa INCORRETA:

A)É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.
B)Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei.
C)É  livre  o  exercício  de  qualquer  trabalho,  ofício  ou profissão,  atendidas  as  qualificações  profissionais que a lei estabelecer.
D)É  livre  a  locomoção  no  território  nacional  em  qualquer tempo, podendo qualquer brasileiro, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens.
E)É  plena  a  liberdade  de associação  para  fins  lícitos, vedada a de caráter paramilitar.






SOLUÇÃO:



Capítulo I
I - DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS (ART. 5º)


Art. 5º - Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

Caso queira saber por completo esse artigo click no link.


Resposta Letra D.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

(CONHECIMENTOS GERAIS) CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA-SE / 2016

PROVA PARA O CARGO DE ASSISTENTE TÉCNICO DE FISCALIZAÇÃO / ADVISE



11.
Acerca  da  nova  composição  do  Supremo  Tribunal  Federal,   assinale   a alternativa   que
COMPLETA   CORRETAMENTE a lacuna do texto abaixo:

“A  partir  do  dia  10  de  setembro  (de  2016),  a  ministra _______  tomou  o  lugar  do  até  então  presidente,  Ricardo Lewandowski.  A  eleição  foi  simbólica  porque  a  ministra  já ocupa o cargo de vice-presidente da Corte.”

A)Ellen Gracie
B)Luciana Christina Guimarães Lóssio
C)Dora Maria da Costa
D)Cármen Lúcia
E)Maria Cristina Irigoyen Peduzzi




SOLUÇÃO:


Cármen Lúcia Antunes Rocha (Montes Claros, 19 de abril de 1954) é uma jurista e magistrada brasileira, atual presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Exerceu também os cargos de ministra e presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

Exerceu o cargo de procuradora do estado de Minas Gerais de 1983 até 2006, sendo procuradora-geral do estado durante o mandato do então governador Itamar Franco. É membro efetivo do Instituto dos Advogados Brasileiros, tendo sido diretora da revista desta instituição, além de ter sido membro da Comissão de Estudos Constitucionais do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil de 1994 a 2006.

Em 2006, foi indicada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo de ministra do Supremo Tribunal Federal, tornando-se a segunda mulher a ocupar esta vaga, após a ministra Ellen Gracie Northfleet. Assumiu a vice-presidência da Corte em 2014, e a presidência em 2016. Também exerceu a função de ministra do Tribunal Superior Eleitoral de 2009 a 2013, presidindo-o de 2012 a 2013, tornando-se a primeira mulher a fazê-lo.



Resposta Letra D.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

SAIU O CONCURSO PARA AGENTE PENITENCIÁRIO DE PERNAMBUCO 85 VAGAS



A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e a Secretaria Executiva de Ressocialização do Estado de Pernambuco (SERES - PE) está com 85 vagas a serem preenchidas por meio de Concurso Público.

Com taxa de R$ 120,00, as inscrições podem ser realizadas a partir das 10h do dia 07 de junho de 2017 por meio do site da Cespe, organizadora do certame e ficam vigentes até às 18h do dia 3 de julho do mesmo ano, observando o horário oficial de Brasília.

São 17 oportunidades para o sexo feminino e 68 para o sexo masculino com salário de R$ 3.872,82 para atuação em jornadas de 24 de trabalho por 72 horas de descanso no cargo de Agente de Segurança Penitenciária, cujo requisito é diploma de qualquer curso superior reconhecido pelo MEC.

As Provas Objetivas estão previstas para dia 20 de agosto de 2017.


Esse ano a prova vai ser composta na 1ª etapa por:

Prova Objetiva de Conhecimentos (60 questões) + Prova Discursiva

Língua Portuguesa
Noções de Informática
Raciocínio Lógico
Direito Administrativo
Direito Constitucional
Direito Penal
Direito Processual Penal
Legislação Especial


(INFORMÁTICA) PREFEITURA DE FLEXEIRAS-AL / 2015

Browsers

Prova de Assistente Administrativo (ADVISE)


35) Todas as alternativas abaixo correspondem a navegadores de internet, EXCETO:

a) Internet Explorer
b) Mozillla Firefox
c) Google Chrome
d) Ópera
e) Microsoft Word





SOLUÇÃO


O Microsoft Word é um editor de texto para Windows, Mac, Android e IOS. Acessível tanto online, pela nuvem, como també em uma versão com discos de pacote Office.



Resposta Letra E.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

(DIREITO CONSTITUCIONAL) PREFEITURA DE FLEXEIRAS-AL 2015

Constituição Federal e seus objetivos

Prova de Assistente Administrativo (ADVISE)


22) Constituem objetivos fundamentais da Republica Federativa do Brasil, EXCETO:

a) erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
b) construir uma sociedade livre, justa e solidária;
c) garantir o desenvolvimento nacional;
d) promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
e) combate e repúdio ao terrorismo e ao racismo.





SOLUÇÃO:


Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;

II - garantir o desenvolvimento nacional;

III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.


Com isso apenas a alternativa E está errada.



Resposta Letra E.

sábado, 27 de maio de 2017

PRF - EDITAL 2017 EM BREVE

O Ministério da justiça tem até o próximo dia 31 de maio para encaminhar para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão o pedido de autorização do novo concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF).  A expectativa é de que sejam solicitadas 1.300 vagas para a carreira policial, número um pouco menor que o anterior, encaminhado em 2016, que era de 1.500.

O último concurso da PRF para o cargo de policial rodoviário ocorreu em 2013 e foi organizado pelo Cespe/UnB. Ao todo foram registrados 109.769 inscritos para a oferta de 1.000 vagas. A seleção contou com prova objetiva, exame discursivo, teste de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de títulos.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

ÚLTIMO DIA DE INSCRIÇÃO PARA IBGE

Publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 23 de maio de 2017, a prorrogação do período de inscrição do 2º Processo Seletivo Simplificado (Processo Seletivo IBGE 2017) destinado à seleção de candidatos para contratação temporária para a realização do Censo Agropecuário 2017, com  24.984 vagas temporárias de níveis fundamental e médio. Os salários vão de R$ 1,6 mil a R$ 1,9 mil.

As inscrições podem ser feitas até hoje dia 26 de maio pelo site. A taxa é de R$ 39,50 para nível médio e R$ 22,00 para nível fundamental.

No ato da inscrição, o candidato deverá manifestar sua opção de função e UF/Posto de Coleta ou UF/Área de Trabalho, conforme o caso, em que deseja concorrer à vaga, e também, a UF/Posto de Coleta ou UF/Área de Trabalho onde realizará a prova.



A prova objetiva será aplicada em 16 de julho, das 13h às 17h.

Como Passar em Concursos

Todo projeto, para ser bem sucedido, precisa de uma estratégia planejada. Isso serve também para os:
· Concursos públicos
· Vestibulares
· Testes supletivos
· Testes de seleção de pessoal
Todos não passam de mais "jogos", que precisamos saber jogar.
Entretanto, ler sobre como ser bem sucedido em concursos, não significa que teremos sempre êxito. Isso acontece porque, mesmo advertidos, pecamos em algumas orientações simples:
· Escolhendo a vaga apenas pelo salário que oferece
· Não estudando corretamente as matérias (por falta de tempo, achar que "já sabe demais", ou dedicando-se mais às matérias erradas)
· Lendo superficialmente o edital
· Não possuindo os requisitos exigidos (estar aquém do grau de exigência intelectual ou física necessárias)
· Não adquirindo apostilas e livros necessários
Contudo, alguns cuidados são indispensáveis. Muitas pessoas bem preparadas não são bem sucedidas em seleções justamente por não observarem esses pontos.

ESCOLHA


A fase de decidir para qual curso, ou cargo, concorrer é uma das mais importantes nesse tipo de processo. Uma escolha mal feita pode detonar todo o projeto, logo de início. Às vezes, nem é interessante ser candidato, muito mais porque está cada vez mais difícil pagar as taxas de inscrição.

1. SALÁRIO A necessidade de salário é bem particular para cada um. A exigência é bem menor para aqueles em início de carreira (que precisam ainda ganhar experiência) ou desempregados, do que para os com muitas obrigações e dependentes. Mas, em geral, precisamos analisar qual a remuneração mínima que podemos aceitar (incluindo o salário indireto - benefícios, comissões e gratificações).
Muitas pessoas ainda utilizam o antigo critério de só se candidatarem a vagas que garantam uma remuneração, no mínimo, 50% superior a que já possuem, quando na realidade a crise econômica mundial não está permitindo mais a escala financeira que muitos sonham ou merecem.
Dependendo da situação, manter o mesmo poder aquisitivo, ou até trocá-lo por uma maior estabilidade, já é lucro. É importante lembrar que, conforme o regime de trabalho, os impostos (imposto de renda na fonte, previdência social e fundo de garantia) podem levar boa parte do salário bruto. Às vezes um salário menor com menos descontos é tão atraente quanto o que se ganha hoje.
Outro fator primordial é o índice de reajuste da categoria, ao qual o salário está associado, para evitar que a maior parte da sua remuneração direta seja engolida pelo tempo.
No geral, concorrer a vagas apenas pelo alto salário oferecido pode levar a sucessivos fracassos em concursos, uma vez que a competição é muito mais acirradas nesses casos

2. NÚMERO DE VAGAS Ao contrário do que muita gente pensa, quanto menos vagas existirem para uma categoria, melhor. Isso acontece porque a maioria dos concorrentes prefere disputas "mais fáceis", para cargos com muitas vagas. O resultado é justamente o inverso: Quanto mais vagas, maior a procura

3. CONCORRÊNCIA Já o grande número de candidatos à vaga é desestimulante, pois aumenta a probabilidade de existirem concorrentes mais bem preparados. Também é interessante verificar a relação de "Número de vagas X Concorrentes", para analisar proporcionalmente o que significa aquele número de candidatos.
Processos seletivos pouco divulgados e de órgaos pouco conhecidos também tendem a ter baixa concorrência

4. EXIGÊNCIAS A tendência é o aumento do nível de exigência para as classificações. Por outro lado, o crescimento da concorrência no mercado de trabalho e a escassez de vagas disponíveis, fazem com que os seletores possam escolher mais rigorosamente entre a mão-de-obra disponível. Noções de Informática e inglês, por exemplo, devem se tornar comum.
Assim, é frustrante tentar um concurso que exige muito além da sua capacidade (como acontece em concursos da área de fiscalização, jurídica, seleções para embaixador e em algumas provas para cursos internacionais).
Para diminuir esse problema, é interessante manter-se atualizado, estudando constantemente, e com bastante antecedência da data das provas.
Esse princípio também vale para os exames que aferem a capacidade prática ou física do candidato. Não adiante entrar numa seleção para a qual você não tem condições de passar nos testes de aptidão no computador ou nos 100m rasos, por exemplo.
O nível de escolaridade exigido determina fortemente o grau da concorrência que se vai ter. Entrar em seleções que exijam apenas o segundo grau, quando já se ganhou toda a experiência de um curso universitário pode fazer a diferença do candidato

5. BENEFÍCIOS Os benefícios de uma função agregam valor real ao salário. Em muitos casos, superando até o próprio salário base. Para tal, deve-se somar o valor dos tickets alimentação, parcela do plano de saúde paga pela empresa, cesta básica, ajuda de custo, ajuda de transporte, gratificações e adicionais.
Mas, atenção: é importante saber se os benefícios serão incorporados à remuneração em caso de licenças e aposentadoria. Caso contrário, o salário, quando inativo, não justificará todos os anos dedicados àquele trabalho. O salário indireto também pode ser perdido a qualquer momento.
A forma de aposentaria é um forte diferencial. Quando a empresa oferece complemento ou equiparação salarial do aposentado em relação ao ativo, é o ideal. Recolher FGTS pode diminuir os rendimentos mensais, mas são uma poupança forçada para necessidades futuras.
A maior ou menor estabilidade (risco de perder o emprego) e a ajuda educacional (em cursos e reciclagens profissionais) devem tamém ser considerados como benefícios

6. CARGA HORÁRIA Mesmo que a tendência seja a redução cada vez mais das horas trabalhadas, a carga horária semanal não é um benefício considerável, ainda mais as demais vantagens não forem supridas. Em outras palavras, não devemos ir atrás de trabalhar pouco, em detrimento de outras vantagens

7. VOLUME DE TRABALHO Semelhantemente à carga horária, o volume de trabalho só deve ser considerado se excessivo ou estressante. Mas, não tenha medo de trabalhar muito. Geralmente, a melhor remuneração está associada a uma maior responsabilidade

8. NATUREZA DO CARGO Cada pessoa possui um perfil e aspirações individuais. Trabalhar ou estudar por muito tempo, em alguma coisa para a qual não se tenha a menor vocação, pode ser martirizante. Portanto, nem só salário e vantagens são importantes no cargo pretendido

9. OBJETIVO DA EMPRESA Como faremos parte do mesmo barco, quando ingressarmos na carreira, é interessante pesquisar a solidez da organização e o futuro do próprio produto que ela produz, para evitar tomar a canoa errada

10. EXIGÊNCIAS DE CURRÍCULO As exigências de cursos e treinamento que as empresas fazem nem sempre excluem um candidato que não se enquadre 100% nas especificações.
Dependendo do rigor da seleção, das intenções da empresa e até do nível dos outros candidatos, esses critérios podem ser mais ou menos flexíveis.
Ou seja, não ter determinado curso não significa que o candidato está fora da concorrência. Algumas contratações demoram tanto tempo para serem efetuadas que o candidato tem condições de fazer o curso mesmo após ter prestado o concurso.

ANÁLISE DO EDITAL

Uma etapa muitas vezes menosprezada pelo concorrente é a análise do edital de Seleção. Ele não só define a taxa de inscrição e datas dos testes, como estabelece todas as regras do jogo. Portanto, é interessante ler com muita atenção o edital, para saber:

1. PONDERAÇÃO Qual o peso de cada matéria. A ponderação das notas das provas define quais as matérias que se deve estudar mais.
Podemos até escolher o cargo, ou curso, para o qual concorrer pelo que mais valoriza as matérias onde se é mais forte. Na ponderação, também ficamos sabendo qual a prova que teremos de fazer com maior atenção.
Em algumas seleções, são pontuado o currículo (cursos), experiência na área (tempo de serviço), feitos testes práticos e de resistência física

2. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A fórmula pela qual será computada as notas, complementa a noção que se precisa ter sobre o que é mais importante para os avaliadores.
A fórmula geralmente valoriza determinadas matérias, comparando o número de questões acertadas com aquelas incorretas. Sempre, quanto mais se acerta e menos se erra, melhor. O programa do que é exigido em cada matéria deve ser considerado à risca

3. CRITÉRIOS DE DESEMPATE No edital, também ficamos conhecendo quais serão os pontos fortes quando atingirmos uma nota igual a de outros candidatos.
Normalmente, os critérios de desempate valorizam as pessoas de maior idade e que obtiveram maior nota nas provas de conhecimentos específicos. Assim, os candidatos de idade avançada podem até levar vantagem.
Os deficientes físicos já saem ganhando nesse item, pois são sempre reservadas vagas exclusivamente para eles

4. CRITÉRIOS DE DESCLASSIFICAÇÃO Atenção para os procedimentos que podem desclassificar sumariamente o candidato, como utilizar calculadoras, portar livros na hora da prova e, principalmente, atingir o ponto de corte.



PREPARAÇÃO

A Preparação para o concurso é muitas vezes completamente desconsiderada:

1. MATERIAL DIDÁTICO Deve-se reunir os apostilas e livros necessários para cumprir todo o programa exigido.
A falta de investimento nesta fase é fatal. Se você compra exatamente a mesma apostila que a maioria dos concorrentes comprou, não estará aumentando em nada suas chances de passar na frentes deles. Estudar sem o material didático necessário para passar é insuficiente. Dê preferência a livros e boas apostilas especializadas no assunto.
Se possível, conseguir cadernos de exercícios é muito útil. Preferencialmente, contendo provas dos concursos anteriores. Mesmo que os teste mudem de ano para ano, ao menos tem-se uma idéia do formato adotado nas perguntas

2. CURSOS Um bom curso preparatório é importante, principalmente para as matérias de conhecimentos específicos ou técnicas, que não sejam dominadas suficientemente.
O curso é mais um recurso para se superar os demais candidatos, servindo também para disciplinar o estudo. Mas, atenção: fazer um curso apenas não garantirá sua vaga - é indispensável estudar

3. ESTUDO Por mais que se conheça um assunto, deve-se sempre relembrar o que se sabe. Fazer um concurso sem estudar, é um total desperdício.
Deve-se procurar tempo (até no horário do almoço), para se preparar o melhor possível. Serão alguns meses de sacrifício, mas as recompensas poderão ser para o restante da vida... E, tempo é uma questão de prioridade (interesse) - acabar um namoro por falta de tempo é apenas uma desculpa, quando não gostamos realmente da pessoa. Quem ama, sempre arrumará tempo para a pessoa amada.
Mesmo antes da publicação do edital, pode-se comparar o que estão exigindo os concursos similares, e ir se atualizando naquela matéria. Saber a instituição que elaborará os testes é indispensável. Cada uma possui um "estilo" e grau de exigência próprios, que podem nortear os esforços de estudo.
Mas, é essencial "saber estudar". Um estudo proveitoso é aquele feito:
· Em um horário específico
· Com ambiente propício
· Com todas as necessidades básicas supridas (sono, alimentação, descanso e preocupações)
· Seguindo o roteiro de: "Entendimento", "Resumo", "Exercícios" e "Fixação" (não adianta entender todo o assunto, sem fazer uma síntese do que se aprendeu, praticando e decorando o que precisa ser decorado).
Sem seguir todos esses passos, o candidato corre o risco de, na hora da prova, se saber a matéria, mas não se lembrar da regra; ou recordar a regra, mas não saber aplicá-la. Fazer o maior número possível de exercícios, preferencialmente resolvendo questões de concursos anteriores é muito importante*Faça os testes cronometrando o tempo, para aprimorar sua rapidez de resolução

DIA DA PROVA

1. LOCAL Visite com antecedência o local aonde os teste serão realizados. Muitas pessoas se perdem ou vão para locais errados, atrasando-se ou até não conseguindo realizar a prova. Trace minuciosamente o roteiro que vai seguir de casa até o local de testes, para evitar atropelos

2. HORÁRIO Outra questão onde seu nervosismo pode lhe trair é quanto ao horário da prova. Sempre saia com antecedência de casa, para estar cedo no local dos testes.
Os horários de máximo de chegada e de fechamento dos portões devem ser observados. Assim como, a hora de encerramento. Todos constantes no edital.
Como a tendência é exigir muito em pouco espaço de tempo, não se desligue do tempo, mas faça as provas com atenção

3. ALIMENTAÇÃO Evite comer demais, ou mal, antes da prova, para não sofrer congestões ou disenterias. Também não faça a prova com fome. Algumas pessoas se precavém levando lanches e água mineral, para evitar imprevistos na hora do teste

4. MATERIAL Confira o que é necessário levar para a prova, antes de sair de casa. Tanto os documentos e canetas, exigidos no edital, como os objetos de sua necessidade, como guarda-chuva e relógio (para cronometrar o tempo da prova) - de preferência o mesmo que utilizou para os exercícios*Caso o edital não permita telefones celulares, bips, etc, é importante atentar para não ser desclassificado.

NA HORA DA PROVA

1. TEMPO Controle o tempo de resolução da prova, de acordo com o tempo total disponível e o grau de dificuldade encontrado nas questões: Resolva primeiramente (dedicando mais tempo) a prova com mais peso para a pontuação final. Em cada prova, deixe as questões mais difíceis para o final.
Não se esqueça de considerar o tempo para, ao final, fazer a revisão geral das respostas, preenchimento da folha de respostas e revisão desse preenchimento

2. REVISÃO Alguns pontos podem ser "salvos" na última hora, justamente na revisão, ao final da resolução de todas as questões. Confrontando o que foi solicitado com o sua resposta, para evitar o erro muito comum) de marcar a questão correta, quando o que se pedia era a incorreta

3. FOLHA DE RESPOSTAS Também é frustrante preencher incorretamente a folha de respostas ou deixar de passar para ela uma questão que se sabia a resposta correta
A idéia é conseguir uma boa colocação. O período de validade do concurso e a prorrogação desse prazo, o remanejamento de candidatos, o aparecimento de novas vagas, desistências ou desclassificação de concorrentes, com o tempo, serão os fatores de "sorte" que se encarregarão de reclassificar o candidato.


Boa Prova

COMO CALCULAR O QUADRADO DE NÚMEROS TERMINADOS COM 5?

Truque número 1: Simples. Veja o exemplo com o número 35 :35 x 35 = ?

Pegue o primeiro número (3), adicione 1 (3+1=4) e os multiplique (3×4). Junte o resultado (12) com o número 25 e pronto : 1225. Funciona sempre.

Truque número 2 : multiplicações com 10 são fáceis, certo ? Afinal, basta acrescentar um zero do lado direito do número (3×10= 30). E o número 11 ? Quanto é 26 x 11 ? Aqui vai o truque infalível.

Pegue o número inicial (26) e imagine um espaço entre os dois dígitos (2_6). Adicione esses dígitos e ponha-os nesse espaço (2_(2+6)_6). Resultado : 286

Truque número 3 : Como multiplicar números elevados por 5 ? Apesar de não ser tão rápido quanto às demais dicas, isso resolve :

Quanto é 2348 x 5 ? Pegue o número inicial (234 e divida-o por 2. Se o resultado for exato (resto zero), adicione um 0 e pronto. No caso, 2348/2 = 1174. Portanto, 2348×5 = 11740.

Se a divisão não for exata, em vez de adicionar um zero no final, coloque o número 5. Exemplo : 1437×5 -> 1437/2=718.5 -> 7185

Truque número 4 : Lembre-se que quando uma operação é complicada, sempre há uma maneira de separá-la em partes mais simples. Assim, se a tabuada do número 4 for um pesadelo, lembre-se que 4 é o mesmo que 2×2. Portanto, efetue duas multiplicações com o número 2 e obtenha o mesmo resultado. Trivial ? Veja esse conceito aplicado no exemplo a seguir :

32 x 125 tem mesmo resultado que16 x 250 tem mesmo resultado que8 x 500 tem mesmo resultado que4 x 1000 = 4,000

Truque número 5 : Sabe a tabuada do nove ? Tem problemas com ela ? Use suas mãos e obtenha o resultado. Por exemplo, para saber quanto resulta 4×9, abra as duas mãos com os dedos esticados. Dobre o dedo que equivale ao primeiro dígito e veja quantos dedos sobraram antes dele (3). Conte agora o número de dedos após ele (6). Resultado : 36

Truque número 6 : Porcentagens %. Isso era "O" pesadelo para muitos na escola. Após essa dica, você será o senhor das porcentagens, sendo capaz de calcular 4% de 200 em menos de 1 segundo.

Primeiro, uma explicação. A palavra "porcentagem" já sugere "para cada cem". Assim, 3% nada mais é que 3 "para cada cem", 12% é 12 "para cada cem", e assim por diante.

Como isso ajuda no cálculo de 4% de 200 ? Moleza. Lembre-se que 4% nada mais é que 4 "para cada cem". Como você tem 200, o resultado nada mais é que 4 + 4 = 8. Fosse 4% de 300, bastaria adicionar mais 4.

Mais exemplos :74% de 500 = 74 + 74 + 74 + 74 + 74 = 370

20% de 150 = 20 "para cada cem". Como 50 é metade de 100, o resultado é 20 + 10 = 30.

Como dica final, porcentagens também podem ser calculadas invertendo-se os números. 5% de 12 é o mesmo que 12% de 5.

Recusar emprego para candidato com nome sujo no mercado é ilegal?

Empresas que discriminam pessoas porque elas têm o nome no SPC ou Serasa podem ser denunciadas à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego.

Um assunto que incomoda muitos trabalhadores: empresas que recusam o candidato a um emprego só porque ele tem o nome no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa. Será que essa recusa é legal?

De acordo com o chefe de coordenação de Igualdade e Oportunidade, Fernando Sampaio, não é. Segundo ele, esse tipo de impedimento deve ser denunciado à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRT/PE) – que por enquanto está em greve. “O caso será apurado junto ao trabalhador e à empresa, que será alertada sobre a denúncia. Também mediamos a situação para tentar reverter a prática”, explicou Sampaio.

Além do nome sujo, o coordenador diz que é comum as empresas discriminarem ilegalmente candidatas grávidas, sindicalistas, trabalhadores demitidos por justa causa, portadores de necessidades especiais e pessoas com antecedentes criminais, mesmo aqueles que não estão previstos por lei, como vigilante e doméstica. “Nesses casos, é o bom os trabalhadores ficarem atentos, pois essa atitude já mostra que a empresa provavelmente praticará outras irregularidades como assédio moral e excesso de jornada”, falou Sampaio.

FONTE: PE360GRAUS